Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2009

SOS Financiamento

Achas que a venda de rifas passou de moda e estás fart@ de organizar festas para garantir o futuro dos projectos e da tua Associação?

Se és dirigente associativ@, Estratégias de Angariação de Fundos é a formação que te pode ajudar a tornar mais sustentável a gestão da tua Associação!

Nesta formação vais adquirir competências para a elaboração de propostas de financiamento, descobrir mais sobre as fontes que podem financiar a tua Associação e aprender a planear e gerir os fundos angariados.

Porque existem muitas formas de obter recursos financeiros, mas porque nem todas se adaptam ao teu projecto, Inscreve-te!

Temas


I. Planeamento

- Elaboração do Plano de Acção;

- Elaboração do Orçamento;

- Elaboração de uma proposta de financiamento;

- Desenvolvimento de uma estratégia de angariação de fundos.

II. A Estratégia

- Comunicação com os agentes representantes das possíveis fontes de financiamento;

- Planeamento e Gestão dos fundos angariados;

- Implementação do Plano de Acção;

- Apresenta…

CASA DE BETÂNIA

No dia 5 de Dezembro de 2009, pelas 17 horas, nas instalações da Obra Social Paulo VI, terá lugar a inauguração da exposição colectiva de pintura sobre o tema «ILHAS».


Estarão expostos quadros de Ana Maia, Carmo Maciel, Francisco Maia e Maria Teresa Maia Gonzalez.

O produto da venda dos quadros reverte integralmente a favor da CASA DE BETÂNIA, instituição de solidariedade social que se dedica ao acolhimento e acompanhamento da pessoa portadora de deficiência mental.

Colabore connosco nesta causa, divulgando o evento junto de familiares, amigos e colegas!
Contamos com a sua presença. Bem haja!

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Obra Social Paulo VI – Av. Marechal Craveiro Lopes, 3 Lisboa Tel: 217575063
(ao lado do Colégio de Santa Doroteia, no Campo Grande)

¿Es la publicidad de las ONG demasiado emotiva?.

En la época en la que fui responsable de captación de fondos de Amnistía Internacional - España, más de una vez me llevé una decepción cuando presentaba a mis compañeros, todo ufano, los bocetos de una nueva campaña publicitaria recién salida del horno de la agencia y algunos encontraban que estaban demasiado cargadas las tintas en movilizar las emociones de la audiencia. La controversia estaba servida una vez más: ¿es lícito tocar el corazón de la gente o debemos limitarnos a conectar con sus mentes? ¿Cuándo la dosis adecuada de sentimientos se convierte en censurable sensiblería?La polémica no parece resoluble dado que la publicidad se suele valorar desde la impresión subjetiva que provocan los anuncios en cada individuo. Y ya se sabe, en cuestión de gustos, no hay nada escrito. Siempre he tratado de ver la publicidad al margen de mis preferencias personales, pero es cierto que resulta imposible ser totalmente objetivo. No podemos desprendernos en nuestro análisis de las sensaciones…

Centro S. Pedro Claver

Este Centro é uma instituição sem fins lucrativos, integrada na Organização Não Governamental Leigos para o Desenvolvimento, e tem como principal objectivo o apoio escolar, através de explicações a estudantes imigrantes, desde o 10º ano até ao ensino universitário.

As explicações são ministradas por voluntários e são estes que decidem a(s) disciplina(s) que quererem leccionar, bem como a/as hora(s) semanais que têm disponíveis.

Damos explicações, em horário laboral, das disciplinas ensinadas nas escolas portuguesas: Matemática, Português, Inglês, Francês, Física, Química,Físico-Química, Contabilidade, Estatística, Biologia, Psicologia, Geometria Descritiva, etc.

Acreditando na construção duma sociedade mais tolerante e solidária, dirijo-me a todos os que gostam de ensinar e que disponham de algum tempo livre que nos contactem, por favor.

Paula Pereira
Centro S. Pedro Claver
Estrada da Torre, nº26
Telf. 21 7579138/96 8492380

A responsabilidade social

Milton Friedman afirmou repetidas vezes que a única responsabilidade social das empresas é a maximização do lucro. Recordá-lo nos tempos que correm em nada contribui para melhorar a sua já muito abalada reputação. Ou não será bem assim?

A responsabilidade social ameaça tornar-se numa exigência incontornável a que nenhum gestor civilizado pode furtar-se sob pena de proscrição. As empresas contemporâneas, diz-se, não devem refugiar-se na preocupação com a rentabilização dos seus negócios, fechando os olhos aos problemas que ameaçam a humanidade e o planeta, entre eles a degradação ambiental e a persistência de desigualdades gritantes neste mundo que partilhamos.

Como decidir, porém, no meio de tanta desgraça que afecta a humanidade – incluindo as guerras, a carência de água potável ou a poluição atmosférica – em que domínios deverá uma empresa responsável concentrar as suas atenções? Assim que se coloca esta pergunta, logo se revelam as insuficiências do conceito mais corrente e ingénuo d…

Ponto de Apoio à Vida

Todos saberão, penso eu, que o Ponto de Apoio à Vida, tem a missão, já confirmada com 10 anos de experiência, de acolher e ajudar mulheres que estejam à espera de um filho e passem por situações difíceis. Por vezes com medo, até pensam em abortar. Já foram ajudadas mais de 1600 mulheres. 1600 crianças que hoje andam por aí, alguma já com 10 anos, e que foram ajudadas pelo PAV. (claro que é pouco se compararmos comas milhares que já foram abortadas desde que se tornou "legal". Mas é o início de uma esperança)

Neste momento o PAV, como outras associações, precisam de crescer, de se mostrar e de lutar contra uma asfixia económica que leva por vezes a pensar que não se pode continuar.

O que sugiro é que quem ainda não é "Amigo para Vida" se torne. Basta dizer que se dá 10 euros por mês, ou mesmo 5, ou mais, se for possível. Um coisa simples, que nos liga a esta cultura da vida, e que fará Portugal ressuscitar. Claro que só isto não basta, mas isto já é qualquer coisa. Se…