Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

Craques contra Estrelas

Jogo pelo Haiti

O VII Jogo Contra a Pobreza reuniu ontem, pelas 19h45, no relvado do Estádio da Luz um conjunto de grandes vedetas do futebol mundial para ajudar as vítimas do sismo no Haiti.

De um lado esteve o “Benfi ca All-Stars”, uma equipa que reúne alguns dos actuais jogadores do plantel e estrelas antigas do clube. Do outro lado esteve a equipa dos “Amigos de Ronaldo e Zidane”.

O jogo foi apenas um pretexto para o verdadeiro objectivo desta iniciativa: ajudar a população do Haiti na recuperação da tragédia que devastou o país.

Ronaldo, um dos promotores do Jogo Contra a Pobreza, não esteve presente, mas o brasileiro foi representado pelo compatriota Kaká. Entre outros, destacam-se as presenças de Zidane, Figo, Rui Costa, Fernando Couto, Pauleta, Nedved, Hierro, Laudrup, Hagi e Popescu. Em campo estiveram, também, os haitianos Sony, do Leixões, e Peterson, do Sporting de Braga.

Para além do bilhete, os espectadores também foram convidados a contribuir para esta causa durante o jogo…

O melhor fundraiser tem 7 anos.

Alexandra Scot, uma menina nortamericana com apenas 8 anos, conseguiu angariar o seu primeiro milhão de dólares em 2004 através de uma pequena bancada onde oferecia limonada em troca de um donativo  para ajudar o hospital que a tratara de cancro.

O seu exemplo inspirou um grupo de pessoas para criar a Fundação Alexandra's Lemonad.

O exemplo da Alexandra é inspirador porque nos ensina que o nosso trabalho de fundraisers é muito mais que pedir dinheiro, é mobilizar recursos e inspirar pessoas para serem parte da nossa missão de uma forma concreta e efectiva.

Aquilo que o pequeno Charlie conseguiu através da sua campanha para ajudar as vítimas do Haiti, através da UNICEF, é digno de se destacar: mais de 170 mil euros.

Para conseguir tudo isto o Charlie tirou proveito da plataforma de recolha de fundos Justgiving conseguindo, até agora, bater todos os recordes da história de fundraising do Reino Unido.

Uma vez, Jesus disse que «para entrar no reino dos céus é preciso ser como as crianças».

Haiti: portugueses já doaram 425 mil Euros através da Cáritas

A Campanha Cáritas Ajuda Haiti, autorizada pela Secretaria-Geral do Ministéro da Administração Interna, contabiliza até ao momento donativos no valor de 425.123,65 Euros, valor a aplicar nas acções de emergência e reconstrução a favor das vítimas do sismo.

A organização católica indica que “são várias as propostas de colaboração que nos têm chegado, desde a recolha organizada de bens, à adopção de crianças”. “Registamos com satisfação a capacidade mobilizadora demonstrada mas as circunstâncias actuais não permitem promover este tipo de iniciativas”, explica a Cáritas.

Neste momento, aos portugueses é pedida contribuição em donativos, que serão aplicados em ajuda de emergência, para o NIB 0035 0697 0063 0007 5305 3.

A Cáritas Portuguesa informa ainda que já se encontra disponível nas Caixas Multibanco, localizada na secção "pagamentos," a funcionalidade entidade e referência para a Conta "Cáritas Ajuda o Haiti":

Entidade:22222
Referência: 222222222

Solidariedade vs. Demagogia

«Haiti: solidariedade ou demagogia?
por Renato Teixeira

100 milhões de dólares do FMI, 100 milhões de dólares do governo dos EUA, 100 milhões de dólares do Banco Mundial, 15 milhões do Brasil, 10 milhões da Espanha, 10 milhões do Reino Unido, 1,5 milhões da modelo Gisele Bündchen, 1 milhão da Cruz Vermelha, 1 milhão da UPS (United Parcel Service), 1 milhão do Brad Pitt e da Angelina Jolie, 600 mil da Walmart, 500 mil dos Yankees, 250 mil da Madona, 250 mil do Lance Amstrong, 250 mil do Maradona, 200 mil do Banco Interamericano, 100 mil da Hollywood Foreign Press Association, 20 mil da AMI, e meia dúzia de euros do Arrastão é o valor das doações já anunciadas para a tragédia do Haiti. A estes valores falta ainda somar o dos doadores habituais: Bill Gates, Bob Geldof, U2, FIFA e samaritanos afins que ainda não anunciaram o tamanho da sua simpatia.



Apesar da boa vontade samaritana, nos dias que se sucederam à tragédia muitos milhares de pessoas morreram debaixo dos escombros por falta de má…

Ligue para o 760 206 206 e ajude o Haiti

A Portugal Telecom e a TMN acabam de lançar uma Campanha de Solidariedade PT a favor das vítimas do sismo no Haiti, apoiando desta forma as Organizações Não Governamentais com missões naquele país das Caraíbas.

Assim, a partir de hoje, a PT e a TMN disponibilizam um número para o qual os seus clientes podem ligar a partir do telefone fixo ou do telemóvel: 760 206 206. Cada chamada realizada para o 760 206 206 apresenta o valor de 60 cêntimos (+ IVA), que reverterá a favor de Organizações Não Governamentais (ONGs) com missões no Haiti: a AMI, a Cruz Vermelha e os Médicos do Mundo.

Todos os clientes PT que ligarem para o 760 206 206 multiplicarão a quantia que ajudará estas ONGs a fazer a diferença no Haiti, nomeadamente através da distribuição de bens de primeira necessidade, como géneros alimentícios, medicamentos ou abrigos.

Através da realização de uma simples chamada telefónica, é possível ajudar.

Ligue 760 206 206.

Todos podem dar o seu contributo!

Notícias TMN - 15.01.2010

HOPE FOR HAITI NOW

A apresentação de Bono Voz e The Edge, dos U2, com Jay-Z e Rhiana, cantando um tema especialmente composto para apoiar as vítimas do sismo no Haiti foi um dos pontos mais altos do concerto Hope For Haiti Now, organizado pela MTV, e que foi transmitido para todo mundo na última madrugada.


O programa "Esperança para o Haiti Agora" teve duas horas de duração e foi emitido a partir de Nova Iorque, Los Angeles e Londres.

O evento de beneficência seviu para arrecadar dinheiro para uma série de organizações que incluem Oxfam America, a Cruz Vermelha, UNICEF, o Programa Mundial de Alimentos (PAM) da ONU, Partners in Health, a Fundação Bill Clinton para o Haiti e Yele Haiti, uma fundação de caridade fundada pelo músico haitiano de hip-hop Wyclef Jean. Todas precisam de dinheiro para ajudar os sobreviventes do terremoto do último dia 12 de Janeiro. Segundo a MTV, mais de 100 artistas, entre actores de Hollywood e músicos, estiveram no programa. Se destacaram, entre outros, Bruce Spr…

Solidários com vítimas do Haiti

Nacional vai realizar um jogo particular na terça-feira com o Maribor

Dada a dimensão da tragédia que atingiu o povo do Haiti, o Nacional vai aproveitar a presença na Região da equipa eslovena do Maribor para realizar um jogo de carácter particular, que visa a angariação de fundos para as vítimas do terramoto que atingiu aquele país das Caraíbas.

A partir deste domingo, dia 24, a equipa do Maribor vai realizar na Cidade Desportiva alvinegra um estágio de duas semanas, com o objectivo de preencher a lacuna competitiva criada pela paragem de Inverno da Liga local. O objectivo inicial da equipa de Zahovic - o ex-jogador do FC Porto e Benfica é o actual director desportivo do Maribor - era realizar vários jogos de treino na Região, mas atendendo à catástrofe acontecida no Haiti, desde logo surgiu a ideia de realizar um jogo para angariação de fundos.

Assim, na próxima terça-feira, dia 26 de Fevereiro, pelas 20 horas Nacional e Maribor vão defrontar-se no Estádio da Madeira, com as recei…

Árbitros solidários com Haiti

O Presidente da Liga de clubes, Hermínio Loureiro, estará presente terça-feira na cerimónia de entrega de um donativo dos árbitros à Cruz Vermelha Portuguesa, em solidariedade com o Haiti.


A ação de solidariedade é uma iniciativa dos árbitros que conta com o apoio da Comissão Executiva da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, informou este organismo.

A cerimónia terá lugar terça-feira, pelas 16:30, na sede da Cruz Vermelha Portuguesa, em Lisboa.

Fundação PepsiCo doa 1 milhão de dólares para ajudar vítimas do terramoto do Haiti

Porto Salvo, 20 de Janeiro de 2010

A Fundação PepsiCo anuncia a doação de 1 milhão de dólares para ajudar as vítimas do terramoto no Haiti. Da totalidade da doação, a Fundação PepsiCo reserva 500.000 dólares para a ajuda humanitária, a serem distribuídos por três organizações estratégicas no local - a Cruz Vermelha Americana (American Red Cross), a organização sem fins lucrativos Save the Children e a organização não-governamental Friends of the World Food Program.

Os restantes 500.000 mil euros da doação serão utilizados para apoiar a reconstrução a longo prazo do Haiti, fortalecer as infra-estruturas existentes e minimizar os danos causados. Além da contribuição material, a Fundação PepsiCo fornecerá também produtos alimentares da marca Quaker, água engarrafada da marca Aquafina e bebidas Gatorade para as vítimas do desastre através dos engarrafadores da PepsiCo na Florida e na República Dominicana.

TINKLE PORTUGAL

Marta Bettencourt
mbettencourt@tinkle.pt
21 340 7120 / 91

«dinheiro por trabalho»

A ONU vai lançar a um programa que consiste em entregar aos haitianos, à sua custa, o trabalho para reconstruir o país, devastado por um forte sismo a 12 de Janeiro, escreve a Lusa.


O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, recebeu quinta-feira o apoio do ex-presidente norte-americano Bill Clinton, o seu emissário especial para o Haiti, para este dispositivo.

«Pedi ao presidente Clinton para trabalhar em prol deste programa chamado «dinheiro por trabalho (cash-for-work)», disse Ban Ki-moon durante uma conferência de imprensa comum.

Fernando Nobre aplaude «Dinheiro por Trabalho»

A garantia de trabalho e de alimentação da população é fundamental para a reconstrução do Haiti. A afirmação é do presidente da AMI, Fernando Nobre, para quem o futuro do país terá de ser escrito com «vontade, persistência e determinação».


«Num prazo de seis meses, seria essencial que o mercado de trabalho no Haiti fosse dinamizado», disse o responsável da AMI, acrescentando que se evitaria assim o aumento da v…

Saiba como ajudar o Haiti

Cruz Vermelha Portuguesa

Donativos nas caixas multibanco ou através do netbanco, na opção "pagamento de serviços", marcando 20999 na entidade, e 999 999 999 na referência; pode ainda ser feito depósito ou transferência bancária nas contas da Cruz Vermelha Portuguesa - Fundo de Emergência, disponíveis em nove instituições bancárias.

Contactos:
Sede Nacional
Jardim 9 de Abril, 1 a 5, 1249-083 Lisboa
Telefone 213 913 900
Fax 213 913 993
sede@cruzvermelha.org.pt

Caritas Portuguesa

Donativo na conta Cáritas Ajuda Haiti, com o NIB 003506970063000753053, da Caixa Geral de Depósitos.

Contactos:
Praça Pasteur, 11 – 2º Esq. 1000-238 Lisboa
Telefone 218 454 220
Fax 218 454 221
caritas@caritas.pt

Oikos

Donativo na conta Emergência no Haiti, com o NIB 0035 0355 00029529630 85. da Caixa Geral de Depósitos.

Contactos:
Rua Visconde Moreira de Rey, nº37 2790-Queijas
Tel. + 351 - 218 823 630
Fax. + 351 - 218 823 635
oikos.sec@oikos.pt


Fundação AIS

Donativos para a campanha «HAITI - Ajuda de E…

PT e TMN criam linha telefónica para recolha de fundos

A Portugal Telecom e a TMN lançaram hoje uma campanha de apoio às vítimas do sismo do Haiti disponibilizando uma linha telefónica cujos ganhos reverterão a favor da AMI, Cruz Vermelha e Médicos do Mundo em missão naquele país.

Para tal, os clientes da PT e da TMN poderão a partir de hoje fazer uma simples chamada telefónica para o número 760 206 206 e desta forma ajudar os haitianos que foram esta terça-feira supreendidos por um sismo com uma magnitude de sete graus na escala Richter.

O contacto poderá ser efectuado a partir do telefone fixo ou do telemóvel, custando cada chamada 60 cêntimos (+IVA), valor que reverterá a favor de Organizações Não Governamentais (ONG) com missões no Haiti: a AMI, a Cruz Vermelha e os Médicos do Mundo.

De acordo com um comunicado do grupo PT, a campanha de solidariedade desafia os seus clientes a "sentirem-se mobilizados por esta causa e a corresponderem ao apelo lançado pelo Haiti e a comunidade internacional através da realização de uma simples …

Cruz Vermelha angaria 5 milhões de dólares para o Haiti com campanha de SMS

É real: durante o dia de ontem a Cruz Vermelha lançou uma campanha de solidariedade para auxiliar as vítimas do sismo no Haiti e, em apenas 24 horas, conseguiu recolher mais de um milhão de dólares em ajudas. Entretanto, a campanha já angariou mais de cinco milhões de dólares!

A ideia consiste em enviar uma mensagem de texto para a instituição, taxada a dez dólares.


Susan Watson, directora de Marketing da Cruz Vermelha, está comovida e satisfeita com os resultados conseguidos em tão pouco tempo: " O Haiti precisa de tanta coisa neste momento, só nos podemos sentir honrados com o esforço conjunto das pessoas que fazem questão de contribuir para esta causa".

A Cruz Vermelha está também a aceitar donativos espontâneos. "Precisamos de toda a ajuda possível", garantiu Watson.

Utilizadores do Facebook doam dezenas de milhar de euros para o Haiti

Logo após o sismo, a Oxfam, confederação de 14 organizações humanitárias mundiais, lançou um apelo no Facebook, pedindo contribuições monetárias para um projecto de apoio de emergência ao Haiti orçado em 80 mil dólares (56 mil euros).


O apelo da Oxfam para o Haiti é a causa com maior volume de donativos. Ao fim da tarde de hoje, quase 24 mil utilizadores do Facebook já tinham aderido à causa “Help Earthquake Survivors in Haiti” (Ajude os Sobreviventes do Sismo no Haiti). Apenas cerca de 1600 fizeram donativos, numa acção que já conta com mais de 64 mil dólares (45 mil euros).

A Oxfam tem uma equipa de emergência na capital do Haiti, Port-au-Prince, a dar resposta a situações de saúde pública, água e saneamento, com o objectivo prioritário de “evitar a propagação de doenças transmitidas pela água”.

A Fundação Prem Rawat, Cruz Vermelha Internacional, Operation Blessing e World Vision foram outras organizações que conseguiram donativos para ajuda ao Haiti através do Facebook.

Por outro l…

Famosos ajudam Haiti

A organização Doctors Without Borders anunciou esta quarta-feira que Brad Pitt e Angelina Jolie irão contribuir com um milhão de dólares (cerca de 690 mil euros) para as operações de emergência médicas em resposta ao terramoto no Haiti.


A organização adiantou ainda que irá ser enviada mais assistência, incluindo uma equipa de cirurgia e algum equipamento.

«Nós compreendemos que a primeira resposta é crítica para servir as necessidades imediatas das inúmeras pessoas que se encontram sem casa, que sofrem de trauma e que mais precisam de cuidados urgentes», afirmou Brad Pitt num comunicado.

Conta de solidariedade disponível na CGD

“É porque fazemos da nossa crença uma religião viva que vamos mostrar, uma vez mais, que a nossa solidariedade é real".

A Cáritas Portuguesa deseja que a ajuda às vítimas do sismo no Haiti constitua “um inequívoco gesto de solidariedade”. Para isso lançou já uma campanha de solidariedade, disponibilizando 5.000€ à sua congénere do Haiti, e espera, a par das anteriores iniciativas que promoveu, “que o nosso povo dê uma resposta ampla, generosa e inequívoca nesta hora de dor dos irmãos que vivem naquele país do Caribe”.


A Organização convida, por isso, todos os que quiserem ser solidários a fazerem o seu donativo na conta “Cáritas Ajuda Haiti”, com o NIB 003506970063000753053 da Caixa Geral de Depósitos.

Em comunicado, a Direcção da Cáritas recorda as “centenas, milhares de mortos e feridos numa devastação indescritível que tornou ainda mais pobre um dos mais miseráveis países do Mundo”.

“Neste momento, ainda devastados pelo sofrimento de terem visto partir entes queridos e amigos e…