Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2011

Um Euro

Por quê é que as pessoas não se ajudam? O Bernardo chegou a três conclusões:
As pessoas não têm dinheiro para os outros | Não têm tempo para ajudar os outros | Não acreditam que o dinheiro doado chegue efectivamente a quem precisa dele...

E qual foi a resposta a estes problemas?
Muito bom senso, observação da realidade e vontade de mudar as coisas. O fundraising no seu estado puro! Todos temos alguma coisa para dar (a partilha é inerente à condição humana). A verdade e a transparência acima de tudo. O entusiasmo é contagiante. As boas ideias são muito simples.

A partir de ai é dar asas à imaginação, organizar, criar redes, comunicar, cumprir...
Obrigado Bernardo!

Vale a pena ouvir e seguir o exemplo ou colaborar nesta plataforma para as causas que lhe são apresentadas periodicamente no sítio movimento1euro

AMI inicia hoje peditório anual

A Assistência Médica Internacional (AMI) inicia hoje, 20 de Outubro, o 18º Peditório Nacional, como já vai sendo hábito. A acção envolve centenas de funcionários, voluntários e amigos da AMI. Os principais objectivos da iniciativa são a recolha de fundos e a divulgação das actividades e projectos da AMI.

Ao contrário das edições anteriores, o Peditório Anual da AMI deste ano será uma acção de rua e não de porta em porta. Por isso, a instituição apela para que os donativos sejam apenas entregues a voluntários devidamente identificados e credenciados pela AMI, que abordem as pessoas em locais públicos.

Estratégias de Angariação de Fundos

Achas que a venda de rifas passou de moda e estás farto/a de organizar festas para garantir o futuro dos projectos e da tua Associação?

Se és dirigente associativo, Estratégias de Angariação de Fundos é a formação que te pode ajudar a tornar mais sustentável a gestão da tua Associação.

Nesta formação vais adquirir competências para a elaboração de propostas de financiamento, descobrir mais sobre as fontes que podem financiar a tua Associação e aprender a planear e gerir os fundos angariados.


Par | Respostas Sociais

Social media is becoming essential to charity fundraising

Social media is becoming an essential part of charity fundraising, according to a paper from the Institute for Philanthropy.

Philanthropy and Social Media gives advice to charities and funders on how to use social media for activities including fundraising, connecting with supporters and delivering their services.

It says social media is beoming increasingly important in driving donations. "There are organisations, groups and individuals who are using these tools to great effect," the report says. "Some have completely revolutionised their work by using social media.


"Social media campaigns can direct existing supporters to online and mobile giving portals, or encourage people to donate via text."

But it warns charities to make sure they show people exactly how they can donate once a relationship has been built with them. "Every barrier means money lost, so the path from conversation to donation must be as smooth and intuitive as possible," …

Give Back

Não conhecia mas foi uma agradável surpresa.

Há pouco estava ver a Oprah e chamou-me a atenção a entrevista com Stephen Paletta, o fundador do giveback.org O Stephen foi o Oprah's Big Give Winner.


Bem, se ainda não conheciam vale a pena visitar o site, dar uma vista de olhos e fazer o registo para receber mais informações. Uma ideia brilhante! Permitir que as pessoas façam os seus donativos às instituições que mais admiram.

Só é pena estar do outro lado do Atlántico. Mas as boas ideias que têm muita força também viajam muito depressa. Qualquer dia estão aqui na nossa Lusitánia.

FICAR COM O CONTACTO PODE MESMO FAZER A DIFERENÇA

Quantas oportunidades temos para recolher mais um contacto, de uma pessoa que mostrou interesse pelo nosso trabalho, que se quer envolver com a nossa causa. E com um contacto podemos fazer muito, e podemos conquistar mais um doador.
Só precisamos de ter bem presente as principais dicas, as melhores estratégias.

Aprenda a fazer!

FICAR COM O CONTACTO PODE MESMO FAZER A DIFERENÇA..........

•Permite voltar a contactar.
•Permite conhecer melhor essa pessoa.
•Permite saber como abordá-la para uma próxima ocasião.
•E permite também descobrir como pedir colaboração, como pedir um donativo.....

18 Outubro, próxima 3ªfeira, na Caixa Geral de Depósitos, com convidado especial: Carlos Liz

www.calltoaction.pt
calltoaction@calltoaction.pt
210 400 0091/2

Entrevista a Marisa Argimon, responsável dos doadores particulares de Intermón Oxfam

¿Cómo ha afectado la crisis a las donaciones?
La captación de nuevos socios y donantes fue la primera afectada al inicio de la crisis y, a posteriori, se resintió la captación de fondos de empresas. En nuestro caso, la base social de Intermón Oxfam se ha mantenido estable estos últimos años, con 240.000 socios, aunque hemos observado cómo en el último año los socios han ajustado su donación al presupuesto actual.
¿Hay que reinventarse para captar fondos en la actualidad? Reinventarse es necesario en cualquier actividad. El contexto económico, la evolución on line y el cambio en el comportamiento del donante convierten en prioritaria la búsqueda de nuevas propuestas, innovar es básico.
¿Marketing y fundraising son una pareja imprescindible? Sí, van de la mano. El fundraising se nutre de las estrategias y acciones de marketing para poder aumentar la potencialidad de la captación de fondos.
¿Qué estrategias considera más adecuadas para recaudar dinero en estos tiempos? Estrategias…