Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2013

Staples doa cerca de 300.000.00 € a instituições de solidariedade social

A Staples, empresa líder na venda de artigos de papelaria e material de escritório e o 2º maior operador de vendas online a nível mundial, doou em 2012, cerca de 300.000.00 € em donativos, a 40 instituições de solidariedade social em todo o país.

No total, foram 69 donativos da Staples que se traduziram em material escolar, informático, de escritório e mobiliário, atribuídos de norte a sul do país, com o objetivo de fazer a diferença entre várias instituições de solidariedade social em Portugal.
Num ano particularmente difícil para os portugueses, a Staples fez a diferença, contribuindo com material diverso em várias áreas, como a educação, as artes e a cultura, abrangendo todas as pessoas, desde crianças a idosos e pessoas com necessidades especiais.
Além do alto valor monetário que estes donativos representam, este é um valor incalculável na qualidade de vida, de trabalho e estudo que a Staples proporciona a milhares de pessoas que beneficiam direta e indiretamente c…

Duas palavras mágicas

Aqui está um estudo interessante num post de Dan Zarrella sobre social media.

O autor deste estudo analisou 2,7 milhões de tweets e concluiu que as pessoas estão dispostas a retuitar quando são convidados a fazê-lo... mas com as palavras certas. 

Conclusão:
Se tem alguma coisa que deseja ver espalhar-se pela rede, use a palavra "por favor". Assim tão simples! Afinal muitas coisas na vida tem a ver apenas com bom senso e boa educação.

Os 4 P's das redes sociais

• Twitter é sobre Perspectivas
Estamos no Twitter para saber o que se passa, partilhar opiniões, saber notícias e ficar a par de actualizações rápidas.

• Facebook tem a ver com as Pessoas
Sobretudo pessoa que já conhecemos, amigos de infância, do bairro, da escola, namorados ou conhecidos, etc. Este lugar é uma espécie de comunidade onde podemos falar com os nossos amigos.

Linkedin é orientado para a vida Profissional
Podemos usar esta rede para encontrar trabalho ou para encontrar pessoas com habilidades e conexões específicas. Também podemos pesquisar grandes doadores e patrocinadores.

Google+ é sobre a Paixão
Criam-se comunidades de pessoas que partilham paixões específicas, como música, cinema, tecnologia e fotografia. Este é o lugar onde podemos partilhar as nossas paixões com amigos que ainda não conhecemos.

No livro de Guy Kawasaki, Google+

Como ser um fundraiser melhor

Todos nós estamos com muito trabalho e aparentemente não temos muito tempo para a formação. No entanto, se não nos preocuparmos com a formação permanente embrutecemos! A nossa profissão está em constante mudança e basta estagnarmos algumas semanas para ficarmos ultrapassados. Ora, se o nosso fundraising não melhora de dia para dia então de certeza que está a ficar pior. É um facto!

Por isso, eis aqui alguns 5 conselhos práticos da npENGAGE. Apesar de serem adaptados para a realidade dos EUA, já podem ser postos em prática também em Portugal.
Ler diariamente alguma coisa relacionada com o nosso trabalho (uma notícia, um post no blog, um paper, um relatório, etc.). Participar mensalmente num webinar temático. Participar num evento local ou workshop trimestralmente. Participar pelo menos uma vez por ano numa grande conferência ou seminário nacional. Participar noutros eventos de angariação de fundos, tantas vezes quanto possível.

Envolver os Associados

A Call to Action e o Montepio lançam, em parceria, um projeto de dinamização associativa a realizar em 2013 e 2014.

O projeto "Envolver os Associados" tem o objetivo de reactivar os associados da sua organização. Para isso, vamos desenvolver:
- um projeto de reactivação de associados, recorrendo ao Telemarketing
- um projeto de consultoria elaborando um plano estratégico de angariação de fundos.

Este é um projeto desenvolvido pela Call to Action, em colaboração estreita com a organização vencedora e financiado pelo Montepio.

A sua organização:
- tem sede em Portugal?
- é cliente Montepio?
- tem mais de 250 associados?

Então consulte o Regulamento e concorra até dia 30 de Maio em www.calltoaction.pt!

Não perca esta oportunidade!

O mito da fadiga dos doadores

Há dias encontrei uma reflexão sobre a fadiga dos doadores e lembrei-me de trazer este tema para aqui. Basicamente o assunto tem a ver com a frequência e a forma como fazemos a nossa angariação de fundos. A conjugação errada destes dois factores pode provocar nos doadores um certo desconforto - fadiga - que pode ser prejudicial para o nosso trabalho de fundraising.

Tudo isto pode acontecer, sobretudo, quando não há uma estratégia correcta e a procura de resultados segue uma política de "terra queimada", quer dizer, pedir com maior frequência, da mesma forma e às mesmas pessoas, na esperança de aumentar o número e o montante dos donativos.

Quando os números estão a baixar temos a tentação de atribuir a culpa a alguma força exterior, a algo que está fora de nosso controle. É mais fácil culpar alguém em vez de analisarmos o que está errado e tentar encontrarmos formas de corrigi-lo.

E é aqui que entra esta força externa a que chamamos: a fadiga dos doadores. Simplesmente os…

Experimentem!

Agora é você quem decide

"Você Decide"

Todos os anos os seus impostos vão, direitinhos, para pagar as despesas do estado.
Quer você queira, quer não.
Mas o contribuinte pode decidir para onde vai 0,5% do IRS que entrega ao estado.
Preencha o quadro 9 do anexo H com o nº de contribuinte de uma instituição à sua escolha (neste link pode consultar a lista de instituições elegíveis, com os respectivos número de contribuinte, para receber a consignação referente ao ano de 2012).
Ajude quem mais gosta!
Agora é você quem decide.
Este filme foi produzido pela Help Images, media para o desenvolvimento. Para mais informação consulte o nosso site helpimages.org ou siga-nos no facebook.
Has digital giving come of age, as DEC Syria Crisis Appeal sees record donations through new channels?


 DONATIVOS VIA NET A crescer!
      News (International, UK) 18 April 2013 Over 55% of more than £4m so far given directly to the Disasters Emergency Committee (DEC) by the public for the Syria Crisis Appeal has come via digital sources, the charity said on 11th April. This is the first DEC appeal to pass this milestone.


Of this 12% was donated via phones or tablet, 12% via PayPal either using a new mobile donations platform produced by Home Made Digital with funding support from PayPal, or via the main DEC website. Thirty seven per cent of digital giving was via credit or debit card using the My Donate platform provided by BT on a pro bono basis, with card providers waiving all transaction charges. DEC Interim Head of Fundraising Helen Calder said: “The varied ways donors can now choose to support the appeal has really helped us to reach a wider audience and bolster our fundraising figur…

Melhor fundraising

Algumas coisas que podem melhorar a sua angariação de fundos:

1. A lista de doadores é o seu ativo mais importante.

2. Deve segmentar a lista em grupos de doadores com base na quantidade ou frequência.

3. Incentive os seus doadores activos para que continuem a dar.

4. Construa uma oferta clara de angariação de fundos.

5. Aprenda a não ter medo de pedir dinheiro.

6. Peça mais e peça muitas vezes.

saiba +

eBooks gratuitos para a angariação de fundos

Para quem estiver interessado, aqui está uma biblioteca de eBooks gratuitos para a angariação de fundos, disponibilizados pela Network for Good.
Divirtam-se!

Cada vez mais as doações migram para online

eNonprofit Benchmarks 2013Este estudo vale o que vale, sobretudo porque foi feito no mercado dos EUA. No entanto, vale a pena estar atentos às tendências que, mais cedo ou mais tarde, vão bater-nos à porta.

Resumindo:
- O fundraising online continua a crescer, aumentando mais de 21% desde 2011.
- As redes sociais continuam a ganhar muito protagonismo e as taxas de respostas das campanhas por e-mail estão a diminuir (14% nas mensagens de apoio e 27% nas mensagens de angariação de fundos).
- As estratégias de e-mail marketing continuam a ser muito importantes para a maior parte das organizações, no entanto é fundamental que existam ligações com os doadores através de outros canais, sobretudo as redes sociais.

Aqui está uma infografia simpática. Para melhor resolução clique aqui



Um outro estudo interessante apresentado recentemente pela empresa BlackbaudCharitable Giving Report, sobre a evolução do fundraising em 2012 (precisa de registo para download), traz-nos alguns dados que vale a …