Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2016

Construir a confiança

Há qualquer coisa que não está bem. Segundo o Jornal de Notícias,  "apenas dois em cada dez euros em vendas de produtos e cartões de Natal com a marca Unicef em Portugal destinam-se à causa humanitária"

Em causa está a decisão da organização das Nações Unidas de entregar a comercialização destes bens à gráfica espanhola Forletter a troco de "royaltys". A Unicef fica com 18 a 20% do total das vendas.
Celebrado em março do ano passado, o acordo abrange a venda realizada em balcões CTT, lojas FNAC, telemarketing ou no website produtosunicef.pt, onde no ato da compra não há qualquer informação sobre a percentagem que vai de facto para a causa humanitária. O modelo de negócio é apenas visível no separador "Política de privacidade", onde também não é referida a percentagem. Fonte: JN

Estamos perante um debate antigo e um dilema, ao mesmo tempo. Como podemos encontrar um equilíbrio entre aquilo que deve ser gasto nos projectos e aquilo que deve ser investido na…

Contactless donations

A project to get contactless donations up and running at Breast Cancer Care, in England vs Netherlands football match at Wembley Stadium.

Banco Alimentar

Há pessoas que precisam de ajuda para comer. Uma realidade difícil para muitas famílias que, com o seu contributo, pode ser atenuada.
O Banco Alimentar conta consigo para alimentar quem mais precisa.
Até 11 de Dezembro, vá awww.alimentestaideia.pt  e doe alimentos.Muitas pessoas agradecem a comida que lhes vai pôr na mesa.
Partilhe o site www.alimentestaideia.ptcom os seus amigos, colegas e conhecidos e convide-os também a participarem na luta contra a fome em Portugal.
Partilhar sabe bem. Muito obrigado.